A Videira Mais Antiga do Mundo (Stara Trta) em Bento Gonçalves - Dal Pizzol Vinhos Finos
Dois exemplares desta vinha são plantados em Bento Gonçalves: um no Parque da Fenavinho - Fundaparque e outro junto ao Vinhedo do Mundo no Ecomuseu da Cultura do Vinho em Faria Lemos na Dal Pizzol Vinhos Finos. 1- Dados sobre a videira Origem:Localizada no centro histórico de Lent, cidade de Maribor, Eslovênia, às margens do Rio Drava, maior afluente do Danúbio, e sustentada na parede externa de uma casa do século XVI, por tutores de madeira em extensão de 30 metros, com um tronco ...

Home /
Novidades

A Videira Mais Antiga do Mundo (Stara Trta) em Bento Gonçalves

15 de outubro de 2018

Imagem 1

Dois exemplares desta vinha são plantados em Bento Gonçalves: um no Parque da Fenavinho - Fundaparque e outro junto ao Vinhedo do Mundo no Ecomuseu da Cultura do Vinho em Faria Lemos na Dal Pizzol Vinhos Finos.

1- Dados sobre a videira

Origem:
Localizada no centro histórico de Lent, cidade de Maribor, Eslovênia, às margens do Rio Drava, maior afluente do Danúbio, e sustentada na parede externa de uma casa do século XVI, por tutores de madeira em extensão de 30 metros, com um tronco de cerca de 80cm de diâmetro. Atualmente a casa histórica e a vinha velha (Stara Trta) são Patrimônio da Humanidade - UNESCO.

Imagem 1 (acima do texto): Luigi Soini e a vista da videira velha conduzida na parede da casa histórica em Maribor, Eslovênia.

Variedade: Modra kavcina (autóctone)
Na atualidade estão sendo feitos estudos e pesquisas de DNA para definir, de modo mais científico, a verdadeira genética, e obter informações avançadas e complementares sobre esta videira. Inclusive sinônimos e eventuais equivalências em diferentes idiomas.

Idade mínima e comprovação:
500 anos, estando inserida no Guiness dei Primati como a videira mais antiga do mundo, tendo sobrevivido às diversas batalhas e guerras dos últimos 4 séculos. Sua idade foi documentada cientificamente por vários institutos de viticultura e enologia: Klosterneuburg na Áustria, San Michele all’Adige de Trento, Itália, Glisenhein na Alemanha, e Parenzo na Croácia.

A uva e o vinho:
Apesar da idade, a vinha velha (Stara Trta) da variedade (Modra kavcina) autóctone de Maribor, Eslovênia, produz cada ano cachos de uva com formato piramidal; bagas redondas de cor azulada, cobertos de pruína e pesando cerca de 80/100 gramas, de acordo com o andamento do clima e da fertilização.

Cada ano obtém-se algumas dezenas de garrafas de um vinho único e peculiar, de cor vermelha rubi, aroma violeta e um buquê complexo de flores do campo, gosto mórbido, seco, envolvente e intenso. O Prefeito do município de Maribor oferece garrafas à visitantes e autoridades importantes que visitam sua cidade.

Imagem 2 (galeria abaixo do texto): Cachos de uvas produzidas pela videira velha.

2- Os contatos e a viagem da Eslovênia ao Brasil

Tudo iniciou com a coleção privada de videiras em campo, implantada no Ecomuseu da Cultura do Vinho em Faria Lemos, Bento Gonçalves, denominado Vinhedo do Mundo, com 400 variedades que teve como mentor intelectual e apoiador o enólogo italiano Signor Luigi Soini, da cidade de Cormóns, Friuli, Itália, onde tem instalado o Vigneto del Mondo com 950 variedades e o seu Vino dela Pace.

Os contatos de Soini com autoridades municipais de Maribor deram início às tratativas, desde 2015, para tornar possível a doação de sarmentos da Vigna Vecchia (Stara Trta) ao município de Bento Gonçalves.

Foi necessário entrar em fila de espera, de ano para outro, para sermos contemplados. Assim, houve a concessão deste material vegetativo (sarmentos), simultaneamente para a municipalidade de Cormóns (sede do Soini) e Bento Gonçalves. A diferença de hemisfério retardou a chegada ao Brasil.

Luigi Soini foi a Maribor e recebeu solenemente os sarmentos e os levou para a Itália.

Imagem 3: Luigi Soini recebendo os documentos de doação em Maribor, Eslovênia.

Imagem 4: Luigi Soini agradecendo a doação dos sarmentos da videira velha.

Da Itália os sarmentos foram trazidos gentilmente pelo Diretor da Milanez e Milaneze, Alberto Piz, que está implementando a Wine South América em Bento Gonçalves como representante da Verona Fiere, titular do empreendimento.

Imagem 5: Alberto Piz (na esquerda) recebendo os sarmentos das mãos de Luigi Soini (centro), em Cormóns, Itália.

Imagem 6: Rinaldo Dal Pizzol recebendo os sarmentos das mãos de Alberto Piz, em Bento Gonçalves, Brasil.

Aqui o material foi submetido aos procedimentos de enxertia de mesa e vegetação pelo viveirista Sinigaglia que, com muita competência e dedicação, levou a bom êxito a missão de preservar e estender a vida da vinha velha de Maribor.

3- O significado desta operação

Preliminarmente, a doação de descendentes (sarmentos) desta videira é uma concessão oficial, via diplomática das autoridades municipais de Maribor à destinatários internacionais, muito seletivos.

É uma atitude que evidencia e representa, de um lado, a generosidade do povo esloveno de Maribor e de outro, a fraternidade e solidariedade entre os povos e as nações, expressas e manifestadas historicamente pela cultura universal do vinho, como estilo de vida e componente de uma civilização, que se estende ao longo de milênios e congrega hemisférios, nações, povos, etnias e acima de tudo, propugna e propaga a PAZ.

O Brasil, o Rio Grande do Sul e Bento Gonçalves, representando a instituição VINHO, sentem-se honrados em abrigar esta relíquia cultural, que será bem tratada e certamente contribuirá para consolidar o País como membro da comunidade vitivinícola internacional, ainda mais neste momento em que uma ilustre brasileira, desta região, a Doutora Regina Vanderlinde ocupa a Presidência da OIV (Organização Internacional da Vinha e do Vinho), com sede em Paris.

Imagem 7: Placa registrando o plantio da videira no Vinhedo do Mundo - Ecomuseu da Cultura do Vinho, na Dal Pizzol Vinhos Finos, Faria Lemos, Bento Gonçalves.

Imagem 8: Placa registrando o plantio da videira no Parque da Fenavinho - Fundaparque, Bento Gonçalves.

Imagem 9: documento de doação dos sarmentos da videira velha entre as municipalidades de Maribor e Bento Gonçalves.

Imagem 10: carta de solicitação dos sarmentos da videira velha que originou os trâmites de obtenção do material.

Imagem 11: carta de solicitação dos sarmentos da videira velha que originou os trâmites de obtenção do material, texto em português.

Imagem 12: texto de jornal italiano noticiando a concessão da videira velha às cidade de Cormóns na Itália e Bento Gonçalves no Brasil.

  1. Imagem 2
  2. Imagem 3
  3. Imagem 4
  4. Imagens 5 e 6
  5. Imagem 7
  6. Imagem 8
  7. Imagem 9
  8. Imagem 10
  9. Imagem 11
  10. Imagem 12

Últimas Novidades

Veja o histórico completo