Dal Pizzol Day Festival veio para ficar - Dal Pizzol Vinhos Finos
Vinícola já estuda periodicidade depois de uma estreia inebriante O Dal Pizzol Day Festival foi povoado, no sábado, 11 de fevereiro, por um público diversificado e ávido por novas experiências. Independente do estilo, todos tinham algo em comum: apreciar um bom vinho ou espumante, saborear ‘comidinhas de rua’, ouvir boa música e curtir a natureza. A chuva, ainda que fraca, foi companhia durante todo o dia. Mesmo assim, não impediu que centenas de pessoas desfrutassem do evento, ...

Home /
Novidades

Dal Pizzol Day Festival veio para ficar

13 de fevereiro de 2017

Vinícola já estuda periodicidade depois de uma estreia inebriante

O Dal Pizzol Day Festival foi povoado, no sábado, 11 de fevereiro, por um público diversificado e ávido por novas experiências. Independente do estilo, todos tinham algo em comum: apreciar um bom vinho ou espumante, saborear ‘comidinhas de rua’, ouvir boa música e curtir a natureza. A chuva, ainda que fraca, foi companhia durante todo o dia. Mesmo assim, não impediu que centenas de pessoas desfrutassem do evento, que deverá entrar definitivamente para o calendário da vinícola.

A céu aberto, as pessoas circularam descontraidamente durante as 9h do evento, que iniciou ao meio-dia e se estendeu até às 21h. Vinhos, espumantes e suco de uva Dal Pizzol harmonizaram com o cardápio assinado pelo chef César Chies, do Estação Café Blauth, que ofereceu hambúrgueres, sanduíches, porções de massas, batata e tábua de frios. Para acompanhar, a boa música da banda Blue Label.

Aos poucos, todos foram se acomodando nas diversas áreas entre árvores e lagos. “A chuva batizou o evento e não impediu que as pessoas aproveitassem o dia. Agora, estamos avaliando quando será a próxima edição e qual a periodicidade do evento”, comenta Dirceu Scottá, enólogo e responsável pelo marketing da vinícola. A experiência sensorial foi além, permitindo que as pessoas conhecessem os atrativos permanentes do local como a Enoteca, o Vinhedo do Mundo, a sala de exposições, a réplica do primeiro vinhedo, o varejo, além de uma coleção botânica de espécies nativas, exóticas, ornamentais, frutíferas e medicinais, todas identificadas e catalogadas.

O evento aconteceu no Ecomuseu da Cultura do Vinho, na Rota Cantinas Históricas, em Faria Lemos, interior de Bento Gonçalves. Pavões, galinhas de angola, cisnes negros, patos e gansos, que vivem no local, dividiram o espaço com o público. O ingresso deu direito a uma taça personalizada com uma dose de vinho ou espumante ou suco de uva.

Fotos: Gilmar Gomes

Últimas Novidades

Veja o histórico completo