Vinho Merlot - Dal Pizzol Vinhos Finos

Conheça o Vinho Merlot produzido pela Dal Pizzol, vinícola que traz consigo uma tradição na vitivinicultura que remonta o Século XIX. Sua história expressa um talento natural e cheio de experiências, sabedoria e sensibilidade na produção de vinhos, espumantes e sucos de uva.

Home /
Produtos

Vinhos Dal Pizzol

Merlot

Merlot 375ml

Safra 2014
Conteúdo: 750ml
Unidades por caixa: 6
Graduação alcoólica: 13% vol.
Acidez total: 75 Meq
Açúcar residual: 2,4g/L
Foram elaborados 15.000 litros deste vinho.

Origem da cepa:
A uva Merlot é proveniente de Bordeaux, na França. Sua produção expandiu-se para outras regiões do país. Atualmente, na Itália, a variedade que vem ganhando crescente prestígio nas últimas décadas, com cerca de 60 mil hectares; seguida pela França com aproximadamente 38 mil hectares. Outros países produtores: Argentina, Chile, Uruguai, Estados Unidos, Hungria, Rússia, Bulgária, Romênia, Iugoslávia, Suíça.

No Brasil, foi introduzida no inicio do século. Já naquela época passou a ser cultivada em pequena escala no Rio Grande do Sul, mas foi a partir de 1970 que houve significativo incremento no cultivo da Merlot na Serra Gaúcha.A Merlot, juntamente com a Cabernet Franc, marcou o início da produção de vinhos tintos finos varietais no Brasil. Comercializado principalmente como vinho varietal e também em cortes com outras variedades.

Elaboração:
Após a colheita e o desengace das uvas, ao mosto foi adicionado levedura selecionada, para o início da fermentação. O vinho Merlot passa por um período médio de maceração (08 dias) a uma temperatura em torno de 25 a 28°C. Conseguindo-se desta maneira uma melhor extração de aromas, taninos e matéria corante, proporcionando uma bela harmonia. Amadurece por um período de 12 meses nos tanques de inox e após é engarrafado.

Características do vinho:
Vinho requintado de cor intensa, potente, vermelha rubi com tons violáceos. Aroma pronunciado harmonizando a fruta com um toque de complexidade. Sabor persistente, com bom “volume de boca”, encorpado, harmônico com taninos aveludados. Pode ser consumido jovem, porém, ganha com o envelhecimento, tornando-se cada vez mais macio.

Recomendações gastronômicas:
É perfeito para acompanhar carnes com sabor mais acentuado. Vitela, rosbife, bacalhau, massas com molhos de carne, aves bem condimentadas, pato ou ganso, carne de porco, cordeiro, patê de Foie Grass, souflés, queijos tipo gorgonzola, brie, roquefort, porta salut.

Temperatura de serviço:
Recomenda-se consumí-lo entre 15 a 20 °C.